Você já tirou alguns minutos para agradecer pelo dia de hoje? Assim que abriu os olhos, agradeceu por estar vivo? Por ter um lar para onde voltar, uma cama quentinha onde descansar? Passamos tanto tempo buscando o que queremos ter que muitas vezes nos esquecemos de demonstrar gratidão pelo que já temos. E segundo a neurociência, o ato de agradecer pode trazer uma série de benefícios reais para o nosso corpo.

Um estudo publicado em 2015 pela Associação de Psicologia Americana mostrou que pacientes gratos apresentavam níveis menores de biomarcadores inflamatórios – proteínas que indicam a presença de inflamações no organismo. O levantamento mostrou ainda que a atitude influencia positivamente na qualidade do sono, no bom humor, no cansaço físico e mental e na manutenção dos relacionamentos pessoais.

Quando a gente enxerga a vida de uma maneira mais positiva, o cérebro também sai ganhando. Ao identificar que algo de bom aconteceu, que estamos nos sentindo gratos por alguma coisa, ele libera uma substancia chamada dopamina, um neurotransmissor que aumenta a sensação de alegria e prazer.

E eu não preciso nem comentar o bem que tudo isso faz para a nossa saúde mental, não é mesmo? Pesquisadores da Universidade para Mulheres do Mississipi e da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, descobriram que a sensação de bem-estar é maior em pessoas que demonstram ser gratas a pequenas coisas. Elas tendem a ver a vida de uma maneira mais positiva, o que proporciona uma tranquilidade revigorante e diminui os níveis de agressividade e ansiedade.

Viu só quantos motivos legais para começar a agradecer agora mesmo? Eu sei que é difícil, principalmente naqueles momentos onde tudo parece estar dando errado, mas, uma simples ação pode servir de pontapé inicial para uma vida mais grata: pare de reclamar de tudo.

O hábito de reclamar só piora a sua vida. Quantas vezes você já se pegou reclamando de coisas tão bestas como o trânsito pesado na hora do almoço ou a chuva que está caindo? São coisas simples e que você não pode controlar, então para que perder tempo se estressando com elas? Aproveite o trânsito para escutar a sua música favorita ou pensar naquele texto que você tem que entregar hoje, por exemplo. A chuva é boa, enche os reservatórios da cidade e nos ajuda a economizar na conta de água. A ideia que deve permear o seu subconsciente é que cada acontecimento tem um lado bom, basta encontra-lo.

E ai, depois de ler esse texto, me diz: pelo que você é grato hoje?

Compartilhe com quem você quer bem.

Be Mindful! 
Pedro Lôbo
UC San Diego Center for Mindfulness
Mindful Self-Compassion, MBSR e Mentor do Institute Mindfulness (UK/USA)