A atenção plena é um conceito bastante desenvolvido quando estamos falando de mindfulness. Na realidade, esse é um requisito básico para que os resultados realmente se desenvolvam.

Se você já conhece o conceito de mindfulness, é essencial entender o que é a atenção plena antes de continuar. Assim, as suas sessões de meditação podem se tornar mais eficientes, alcançando sucesso. Confira mais informações a seguir.

Afinal, do que se trata a atenção plena?

Na verdade, muitas pessoas traduzem o próprio termo mindfulness em atenção plena. Por isso, é comum chamar a técnica de meditação por esse termo, confundindo um pouco os significados.

A atenção plena é uma técnica trabalhada durante os períodos de meditação que está ligada ao presente. O praticante precisa se concentrar no momento em que está meditando, promovendo a aceitação de todas as condições presentes em sua vida, seja por um dia ou um mês.

Por que praticar a atenção plena?

Você deve estar se perguntando: e por que eu devo me concentrar no presente? Por que aceitar as condições de hoje? Vamos entender a importância a seguir.

Maior produtividade

Um fator indiscutível de analisar com maior profundidade as condições do presente é certamente o benefício para a produtividade pessoal. Muitas vezes, estamos assolados de questões profissionais e pessoais, e não conseguimos ver potencialidades no cenário.

Quando investimos na atenção plena, a mente entende melhor cada detalhe de nossas vidas, sem olhar demasiadamente para o futuro ou para o passado. Por isso, é a melhor técnica para quem quer começar a agir produtivamente.

Melhoria em habilidades cognitivas

Habilidades cognitivas podem fazer referência a uma série de aspectos. A atenção, memória, compreensão e até as habilidades sociais integram esse grande quadro. A técnica em questão melhora o cenário geral.

Quando estamos nos focando exclusivamente no presente, aprendemos a olhar somente para o que está ocorrendo agora. Como consequência, o cérebro processa a mesma coisa. Você ainda aprende a compreender melhor as sensações do ambiente em detalhes, que podem ser cruciais para seu desenvolvimento.

Combate à ansiedade e stress

Ansiedade e stress são somente alguns dos traços maléficos que decorrem da correria e da cobrança de nosso cotidiano. Muitas pessoas utilizam a atenção plena para combater quadros extremos no trabalho, por exemplo.

Seja como for, é interessante notar que a técnica, além de fornecer enfoque total no momento, ainda ensina paciência e disciplina do corpo e da mente. Com isso, os índices de irritabilidade diminuem, na mesma medida em que o autocontrole aumenta.

Autoconhecimento e aperfeiçoamento pessoal

Você já parou para prestar atenção no que você pensa, nas suas crenças, valores e habilidades? Para muita gente, a resposta é negativa. É essencial, nesses casos, desenvolver a habilidade da atenção plena.

A prática do mindfulness ajuda a processar questões internas às quais não damos muita atenção, resumindo o efeito.

E você, está preparado para colocar a sua atenção plena em prática? Comece ainda hoje e adquira resultados incomparáveis com a ajuda desse método. Não se esqueça de deixar um comentário abaixo.