O que é mindfulness?

A meditação mindfulness, é uma forma de tornar o cérebro mais consciente e focada no momento presente, ajudando a ter uma resposta emocional diferente e menos impulsiva.

O grande objetivo é aprender a tolerar e aceitar os elementos externos e internos que fazem parte do dia-dia e que são difíceis de suportar.

A prática da concentração

Ela é conhecida como Prática do Ponto Único. Nessa prática, é preciso focar em uma sensação neutra, como inspirar e expirar pelo nariz ou em mantras com suas palavras repetidas. Não é tão simples, pode ser necessários minutos para chegar ao estado de contemplação e poucos segundos para sair dela. Quando isso acontece, é preciso voltar sua atenção à respiração.

Com forme vai se acostumando com essa prática, a mente demora mais para retornar e o foco começa a se tornar único. Nesse nível, você deixa que sua atenção vá para onde sua mente for. Você não precisa mais se concentrar na respiração ou no mantra. Agora, você é capaz de se concentrar nos pensamentos que vêm à tona no momento.

Com o tempo, é possível perceber que o mundo e o tempo estão sempre em movimento que sua vida estará em constante transformação.

Como iniciar Mindfulness

Para quem quer adotar o mindfulness é importante:

Tempo 

Reserve meia hora do seu dia para essa prática. Vá com calma e não se cobre tanto, pois você nunca conseguirá ficar várias horas no estado Mindfulness. Busque se manter calmo durante todo esse tempo.

Respiração

Fique sentado ou em pé de um jeito que se sinta confortável e tranquilo para respirar. O corpo precisa relaxar e focar em si mesmo, trazendo a ele mesmo.

Consciência

Agora, chegou o momento de tentar manter a sua consciência no momento presente nas suas ações diárias. Preste atenção em cada momento e cada ação que você realiza.

Momentos Mindfulness

Essa técnica pode ser feita em diferentes ocasiões, praticando sua consciência respiratória e mantendo o foco no corpo e emoções. Não permita que sua mente vá para outro lugar para não agir sem pensar.

Assim, é possível ser um melhor ouvinte, evitando dizer coisas desnecessárias.

Stop!

Quando sentimentos como o de frustração surgir, volte ao início. Analise o que acontece em sua volta e no seu interior. Depois de fazer isso, se foque no que está fazendo para se tranquilizar.

No trânsito

O ato de dirigir é realizado com movimentos automáticos. Não se deve exercitar mindfulness na direção, porém a técnica ajuda a atenção no percurso. Se concentrando nas paisagens, nos sons e em tudo que estiver à sua volta.

Trânsito

Quando você estiver no meio de um engarrafamento, procure ignorar o aborrecimento com o tempo perdido. Torne esse momento mais produtivo praticando o mindfulness.

Preste atenção nos outros carros e nas diferentes cores em volta. Concentre-se no farol, com curiosidade, vendo o farol que realmente está ali, e não como você imagina que um farol deveria ser.