O pais do carnaval e do futebol é um dos mais ansiosos do mundo. De acordo com um estudo realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é uma das nações com maior percentual de pessoas com problemas ou transtornos de ansiedade: aproximadamente 9,3%, cerca de três vezes mais do que a média mundial.

O número, sem sombra de dúvidas, assusta. Outro problema recorrente é que muitas das pessoas que sofrem com níveis graves de estresse e ansiedade ainda não sabem que precisam de ajuda.

A falta de conhecimento dos males e sintomas dessas condicoes é uma das causas para o diagnóstico tardio. Se você está desconfiado e sente que precisa, rapidamente, desestressar e encontrar um refúgio, saiba que o Mindfulness pode te ajudar. Mas, antes de falar sobre os benefícios da prática, precisamos diferenciar os males.

O que é o estresse?
O estresse é decorrente de situações de extrema pressão no cotidiano. O quadro tem se tornado comum quando associado a situações adversas no ambiente de trabalho. Mas como saber se você está com um grau elevado de estresse?

Alguns dos sintomas dessa condição são o cansaço frequente, as alterações no padrão de sono (com presença de sono agitado ou insônia), a irritabilidade frequente no cotidiano, as dificuldades de memorização ou foco e as dificuldades de prestar atenção a tarefas simples.

Muitas pessoas identificam a presença do estresse, pelas primeiras vezes, em situações de trabalho em que as tarefas normais são demandadas. É como se elas não conseguissem desempenhar as tarefas que sempre obtiveram êxito no passado. Ao longo do tempo, a condição se torna preocupante.

O que é a ansiedade?
A ansiedade também é um quadros bastante frequentes em nossa sociedade atual. Apesar do estresse estar presente aqui, vale pontuar que as duas condições são diferentes, mas podem levar a situações extremamente graves e de complicada resolução.

Quem sofre de ansiedade tem, normalmente, surtos de medo extremo. O transtorno também pode ocasionar dificuldades relacionadas ao sono, irritabilidade, tendência a reclusão, preocupações extremas com situações hipotéticas e até alterações perceptíveis na interação social ou na interação com o trabalho.

Se você anda preocupado demais e apresentando batimentos cardíacos acelerados, tontura, enjoo e sudorese, pode ser hora de achar uma solução para a ansiedade.

Como o Mindfulness pode te ajudar
Uma das melhores técnicas para redução tanto de quadros de ansiedade, quanto de quadros de estresse é a meditação. Uma das mais eficazes é o Mindfulness, que trabalha o despertar do nosso potencial acolhedor no momento presente com consciência e paciência de forma intencional.

Em termos práticos, a pessoa que quer praticar o Mindfulness vai aprender a reconhecer o momento para onde sua atenção foi, e com consciência, traze-lo de volta para o presente. Dessa maneira, quem sofre com estresse e ansiedade ou pensa muito em momentos futuros ou passados, pode perceber a sua experiência sem reagir de forma automática, pemitindo assim, a redução dos sintomas da ansiedade e o estresse.

Com a meditação, o que ocorre é uma forte retomada da consciência, que se foca no presente. É como se você abrisse mão da unica forma que você percebe o momento e abri-se uma porta de mil possibilidades para uma consciência espaçosa e gentil. Muito legal, não é?

Se você quiser conhecer mais sobre os benefícios do Mindfulness, estou disponível para uma conversa.

Be Mindful!
Pedro Lôbo.