A meditação hoje em dia é a mesma meditação que foi apresentada nos anos 70? É a mesma meditação que os monges budistas praticavam? Será que conseguimos utilizar a prática que eles utilizavam em uma vida corrida no século XXI?

Damos conta de família e trabalho no mundo veloz das redes sociais, onde muitas vezes nos perdemos. Este é um ponto importante para começarmos a trabalhar a meditação em 2019.

A presença sempre fez parte da natureza humana e o Mindfulness pode ajudá-lo a se sentir mais presente.

Saiba mais sobre o assunto lendo o artigo completo!

 

Presença e consciência

Por muito tempo a meditação foi trazida para o ocidente como uma prática “zen”, onde você evita pensamentos. No entanto, sabemos que isso é muito distante de nossas vidas hoje, pois a velocidade da informação transformou completamente o mundo e a forma como lidamos com nossos sentimentos e pensamentos.

Se pensarmos nas revoluções da humanidade antes dos anos 2000, todas demoraram muitos anos. Hoje, temos revoluções rápidas e curtas, nas quais do dia para a noite damos saltos quânticos em nossa consciência para aprendermos a lidar com este mundo.

As revoluções são importante ao passo que também nos permitem trazer a meditação para o dia a dia de formas diferentes e adaptadas, não sendo somente sentado e “zen”. Devemos trazer a meditação como uma prática de consciência do estado atual, de viver o momento e estar presente.

É muito importante começarmos a desmistificar a meditação. Hoje conseguimos, com muitos estudos, mostrar como a meditação pode alterar o traço de personalidade de uma pessoa. A prática se tornou um instrumento que vem sendo usado em inúmeros lugares do planeta, seja em organizações e até em hospitais.

Devemos entender que a meditação é uma forma de reencontro consigo mesmo para acalmar o seu mundo interno.

É importante tirarmos a rejeição que existe na meditação, pois nos dias de hoje ela é uma das melhores formas para termos qualidade de vida. Muitas pessoas rejeitam e dizem:

“Eu não consigo porque eu sou viciado em trabalho”

Ou dizem

“Eu nunca vou ser zen ou calmo”

A meditação não está somente ligada a ser “zen” ou calmo. Você pode trabalhar bastante e ainda assim viver o momento presente. Além disso, vem o mais importante, que é guardar energia para que você use todo o seu potencial quando está executando todas as tarefas do seu dia com presença.

Quem está dirigindo a sua vida neste momento? Aonde você está? Aonde está a sua consciência? Você se sente no modo automático?

Para incrementar a meditação na sua vida e potencializar a presença você pode simplesmente treinar! Da mesma forma que treina para fazer uma corrida, um desenho, uma pintura, etc. Podemos treinar a nossa mente! Essa tecnologia e esse instrumento já existe dentro de você, pois ninguém nasceu sem a presença e a consciência, a qual é a nossa verdadeira natureza.

Entenda que a vida pode ser uma grande prática de consciência para você ter mais leveza e capacidade de resiliência em momentos difíceis.

 

Leve mais compaixão e qualidade de vida para o seu dia a dia e não deixe que o estresse e a ansiedade vençam você: clique aqui para saber mais!

 

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe no Whatsapp ou Messenger para amigos, familiares e pessoas importantes para você, para que possamos compartilhar a mensagem e incentivar as pessoas na prática do Mindfulness!